Programa de Educação Estética e Artística

O Programa de Educação Estética e Artística (PEEA), iniciativa da Direção-Geral da Educação, pretende enriquecer as experiências de educação, propondo metodologias inovadoras de aprendizagem nas áreas de Artes Visuais, Dança, Expressão Dramática/Teatro e Música.

Neste contexto, acompanha os educadores e professores, de forma continuada, através de planos sequenciados, com formação docente, iniciativas com parceiros culturais, projetos de ações educativas e realização de eventos no âmbito da Educação Artística – a fim de ser construída uma rede de conhecimentos e recursos, de acordo com cada contexto escolar.

Considerando as parcerias estabelecidas com agrupamentos de escolas, centros de formação de associação de escolas, instituições culturais e autarquias, o PEEA propõe um plano de iniciativas conjuntas e mutuamente enriquecedoras, no território nacional, para o desenvolvimento profissional e uma atitude docente mais autónoma, respondendo à necessidade de transformar e reajustar as práticas educativas na escola de hoje.

Para além da Equipa de Educação Artística, estrutura central, o PEEA conta ainda com um grupo de Embaixadores Regionais e Locais que, junto das escolas, estabelecem uma relação de proximidade. Esta rede de professores realiza ações sequenciadas que reconhecem a Arte como forma de conhecimento e valorizam as culturas locais e globais para a construção de uma marca de identidade.

 

Concerto comentado do guitarrista Bruno Costa

Perto do final do ano letivo 2020-21, 480 alunos do 1.º Ciclo do concelho de Portalegre (Agrupamentos de Escolas José Régio e do Bonfim) assistiram a um ‘concerto comentado’ do guitarrista Bruno Costa, realizado no âmbito do projeto ‘O Artista Vai à Escola’, do PEEA.
Neste evento, realizado à distância, em modo síncrono, e tornado possível com o apoio da União de Freguesias de Sé e São Lourenço, o músico interpretou alguns temas de Carlos Paredes, assim como outros da sua própria autoria, interagindo também com os alunos, falando das caraterísticas e da história da guitarra portuguesa, comentando as obras executadas e falando da sua própria história, como músico.
Na parte final da sessão, Bruno Costa respondeu às perguntas colocadas por diversas crianças das várias escolas.
Foi uma manhã diferente, em que todos os alunos ficaram, com certeza, mais conhecedores e mais admiradores deste instrumento tão simbólico da identidade portuguesa.

Projeto Pausa Musical

No terceiro período do ano letivo 2020-21, deu-se início ao projeto local Pausa Musical, uma iniciativa que procura levar atuações musicais de estudantes dos agrupamentos escolares envolvidos no PEEA aos jardins de infância e às escolas do 1º Ciclo desses agrupamentos.

O projeto estreou-se com um concerto para a turma 3.ºB da Escola Básica da Corredoura, com as alunas Clara Curião (flauta), Rita Ricardo (flauta) e Mariana Barbas (teclado e voz) – alunas do 6.ª, 7.º e 11.º anos (respetivamente) do Agrupamento de Escolas do Bonfim –, atividade realizada com a colaboração das professoras Isilda Mourato (coordenadora do estabelecimento) e Paula Lança (professora titular da turma).

A apresentação musical começou com uma breve abordagem à história dos instrumentos presentes, da flauta primitiva à flauta transversal metálica e dos primórdios do piano ao teclado digital, e, no decorrer da atuação, foi também partilhada alguma informação sobre os temas musicais interpretados, como as suas épocas e contextos, explorando-se também algumas sensações por eles transmitidas, através do diálogo com as crianças.

A pedido de várias docentes da Escola Básica da Corredoura, este concerto repetiu-se no dia 6 de julho, desta vez realizado no ginásio da Escola, para um público de cerca de 130 alunos, de seis turmas do 1.º ao 4.º ano.

No dia 2 de julho, Carlota Carvalho (acordeão e voz), Leonor Lourenço (guitarra e voz) e Leonor Figueira (teclado), alunas do 8.º ano do Agrupamento de Escolas do Bonfim, proporcionaram a dois grupos-turmas do Jardim de Infância de Castelo de Vide, pequenos concertos musicais, em interação com as crianças, numa atividade dinamizada com a colaboração das educadoras Maria do Carmo Mimoso e Maria João Marques.

Encerrando as atividades do projeto no ano letivo, realizou-se, no dia 7 de julho, no ginásio da Escola Básica da Praceta, um concerto com três alunos do 12.º ano do Agrupamento de Escolas do Bonfim. Miguel Velez (guitarra, teclado e voz), Miguel Pimentel (guitarra-baixo) e Diogo Guerreiro (bateria) deram a conhecer alguns temas de áreas musicais como o soul, o blues, o funk e o rock, a cerca de 110 alunos de turmas dos 3º e 4º anos. No final desta atividade, realizada com a colaboração do professor Joaquim Matias (coordenador do estabelecimento), as crianças tiveram ainda oportunidade de experimentar a bateria utilizada no concerto, com o apoio do músico Diogo Guerreiro.

O projeto Pausa Musical, iniciado com a parceria da escola de música Adágio, pretende estender a parceria a outras escolas de música, envolver instrumentistas dos vários agrupamentos escolares ligados ao PEEA e continuar a chegar aos estabelecimentos de ensino do Pré-escolar e do 1.º Ciclo desses agrupamentos, com o objetivo de proporcionar a fruição e despertar o interesse das crianças para a música, desenvolvendo a sensibilidade estética e a compreensão do processo de interpretação no domínio do discurso musical, explorando também, através da interação verbal, conhecimentos e sensações associados aos temas interpretados.Com esta atividade, pretende-se igualmente proporcionar aos jovens músicos a partilha da sua atividade artística, contribuindo para a sua autoconfiança no contacto com o público e para a sua evolução como instrumentistas.

© 2017 Agrupamento de Escolas do Bonfim. Todos os direitos reservados.