Projeto RadAr

Somos os alunos da turma F, do décimo ano de escolaridade, do curso de
ciências e tecnologias da Escola Secundária Mouzinho da Silveira e, em conjunto
com as professoras Madalena Caetano e Assunção Feiteira,estamos a participar no
projeto RadAr – um projeto de ciência cidadã em Portalegre que procura colocar os
estudantes como atores-chave na gestão do radão. A ciência cidadã visa envolver o
público como participante na investigação científica do mundo real, em parceria com
cientistas ou organizações científicas.
No dia 21 de setembro foi realizada,na nossa escola, uma sessão de
apresentação deste projeto à nossa turma, promovida pelos nossos parceiros – o
Instituto Superior Técnico e a Agência Portuguesa do Ambiente.
Pretendemos, em colaboração com os nossos parceiros, criar uma estratégia
de comunicação local para implementar uma campanha de monitorização de radão,
que encoraje a comunidade local a medir os níveis de radão nas suas casas. Por
fim, queremos ainda promover a tomada de ação dos cidadãos para reduzir a
exposição ao radão nos casos em que níveis elevados sejam encontrados
O radão é um gás de origem natural que provém do decaimento do urânio
presente nas rochas e solos de onde é libertado e ascende à superfície. Trata-se de
um gás com efeitos cancerígenos que, por ser incolor e inodoro, apenas pode ser
medida a sua presença através de detetores.
A região de Portalegre apresenta uma elevada suscetibilidade a este gás.
Assim, propomo-nos distribuir, gratuitamente, 100 detetores de radão, para que a
população possa vir a conhecer o grau de exposição a que está sujeita e adotar,
caso seja necessário, medidas de remediação.

Comentários fechados.

© 2017 Agrupamento de Escolas do Bonfim. Todos os direitos reservados.